Aprendi com: [Filme] Perdido em Marte

17 abril 2017

Ontem tive uma ideia muito legal depois de finalmente ver o filme Perdido em Marte, que tanto os meus professores da faculdade falam. Vai ser um tipo de resenha diferente que eu vou trazer aqui pro blog. Não meramente apenas falar de um modo geral e amplo, mas focar principalmente nas lições que aquilo me trouxe ou pode trazer pras pessoas. Não vou me deter apenas em filmes, mas qualquer coisa que pode trazer um aprendizado legal, como certas publicidades, por que não?
Mark Watney é um astronauta americano e biólogo (sim, biologia não se resume apenas em ser professor ou pesquisador, é muito mais além do que isso). Ele e seus amigos enfrentam uma severa tempestade não esperada em Marte, precisam urgente ir até a aeronave, algo um tanto perigoso. Porém, Mark é atingido por um detrito espacial, acaba se perdendo do grupo, o qual não tem sucesso na sua busca rápida por ele. Quando chegam a Terra, o astronauta é dado como morto, mas enquanto isso em Marte, ele tem que fazer de tudo pra conseguir sobreviver por lá, mas como?

1. Não desistir na primeira dificuldade enfrentada.
Ele sabia que poderia morrer lá e pensou várias e várias vezes isso, que seria o seu fim. Mas, ele poderia ter se acomodado com a situação e ficar esperando pela sua morte. Ou também tentar lutar pra achar outras opções que poderiam o manter vivo até o seu resgate, que foi o caso. Não devemos desistir de algo que sonhamos ou que desejamos só porque aconteceu algo insperado ou nos deparamos com um enorme obstáculo. Problemas são excelentes aos seres humanos, é como um desafio que deve ser encarado com outros olhos. Não tenha medo, arrisque-se!
2. A faculdade não te dá suporte para enfrentar situações específicas, mas te dá a teoria pra te dar o suporte na prática.
Isso é o que eu escuto sempre e sempre desde que entrei na faculdade. Em momento algum o Mark, que era botânico também, teve aula na faculdade sobre como plantar batatas em Marte (e muito menos eu hahaha). Mas, foi através dos conhecimentos científicos que ele tinha que isso se tornou possível. E o que isso quer dizer pra nós? Que nem tudo que vamos deparar nos nossos trabalhos, vamos ter tido aula ou lido algo quando ainda éramos universitários, afinal a prática é um tanto diferente da teoria. Vamos sempre nos deparar com situações que nunca vimos na vida e podemos ter uma "trava" pensando: e agora o que eu faço? Mas, respire fundo, se acalme. Você vai ser capaz de resolver isso, com todo o conhecimento que você tem.
"Eu colonizei Marte"
3. Mantenha-se calmo.
Pode dar errado algumas coisas que você ficou se esforçando tanto pra dar certo. E as vezes a primeira reação que temos é entrar em desespero/pânico por não ter conseguido. Mas, não se desespere e mantenha-se calmo, sei que é difícil (tenho um pouco de ansiedade e tenho muito disso, mas ultimamente tô tentando me controlar mais). A solução 1 pode não ter sido a mais ideal para aquilo, repense no que fez de errado e o que poderia fazer para conseguir acertar. Ficar calmo vai ser melhor pra pensar em alguma outra solução para o problema.


Espero que tenham gostado do quadro aqui do blog "Aprendi com", quem quiser pode sugerir sobre algo que queira ver por aqui! Irei gostar de ler e farei um post com muito carinho.
Beijos, até a próxima!

Um comentário

  1. Eu gostei bastante desse filme e realmente...ele enfrenta muuuuitas dificuldades e mesmo assim não desiste. É difícil quando queremos muito alguma coisa e não conseguimos, mas desistir não vai ajudar em nada.


    Relíquias da Lara

    ResponderExcluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo