Henrique e Juliano, pessoas não são propriedades!

27 março 2017

Eu ia dar uma pausa no blog essa semana pra conseguir resolver algumas coisas e ajeitar outras por aqui. Mas, minhas pequenas férias só duraram duas horas haha, a mais curta que eu já tive em toda minha vida rs. Estava numa boa vagando pela internet e me deparei com uma conhecida compartilhando a letra de uma música bem estranha. Ela riscava todas as partes que considerava errada, na tentativa de deixá-la correta. Curiosa, corri pra ver quem cantava e quem eram as pessoas que conseguiam gostar daquilo.
A música, chamada "Vidinha de balada", é do novo DVD dessas peças, que eu sou muito feliz por não ser fã ou gostar de suas músicas. Se fosse, sentiria muita vergonha e com certeza deixaria de ser. Mas, chega de enrolação e lá vai um trecho bem poético da música.

Desculpa a visita

Eu só vim te falar
Tô a fim de você
E se não tiver, você vai ter que ficar
Eu vim acabar com essa sua vidinha de balada
E dar um outro gosto pra essa boca de ressaca
Vai namorar comigo, sim!
Vai por mim, igual nós dois não tem
Se reclamar, cê vai casar também
Com comunhão de bens
Seu coração é meu e o meu é seu também

Então quer dizer que se alguém se interessar por mim, eu tenho a obrigação de retribuir o interesse mesmo que não tiver? Não, sério. Como que alguém em pleno século XXI consegue ter a capacidade de escrever qualquer merda do tipo sem pensar? E pior, existem pessoas que acham linda essa música, sim, você não leu errado. 
"Vai namorar comigo, sim! Se reclamar, cê vai casar também?" Faça me o favor. A base de um relacionamento não deve ser o medo. Ninguém deve ficar com alguém por medo de terminar e sofrer qualquer tipo de agressão pós-término ou pior, sofrer risco de morte. Sim, sou exagerada mesmo. Mas, olha essa letra? Não é linda ou fofa, é um tanto agressiva.
Você pode ser fã dessa dupla, mas, na boa? Vamos ser coerentes? Não temos que ficar passando a mão na cabeça quando nossos ídolos fazem algo errado. Temos que criticá-los sim! Principalmente esses dois, pra ver se aprendem a ser homens de verdade. Sim, eu estou bastante revoltada e tive que parar várias e várias vezes pra tentar me acalmar com esse post.
Parem de romantizar relacionamentos abusivos! APENAS PAREM! Isso não é lindo. Isso é péssimo. Tem muitas pessoas que sofrem com eles, muitos nem sabem que estão passando por um porque confundem achando que esse tipo de relação tem agressões físicas (mas nem todos tem isso meu povo). Também não adianta ficar falando que a pessoa é idiota, que passa por isso porque quer. Elas simplesmente estão "cegas" e não tem forças pra sair daquilo. Vocês não devem criticar, mas sim ajudá-los a buscar essa força de algum lugar pra terminar aquilo que não a faz bem.
Por fim, Henrique e Juliano, não acompanho vocês. Mas, caíram muito no meu conceito (e deixaram de ter outros fãs) por conta de cagadas assim. Espero mesmo que alguém fale isso com vocês e que consigam se retratar. Afinal, pessoas não são propriedades de ninguém.

7 comentários

  1. Concordo plenamente com tudo que você falou. Tem umas músicas não só de sertanejo, mas que não dá pra acreditar que elas vendem por aí. É osso. Por outro lado, é bom saber que as mulheres do feminejo estão vencendo essas barreiras cada da mais. Sucesso.

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que tem muita gente expondo essas letras rídiculas e abusivas! Fico de cara como pessoas públicas ainda usam da fama pra colocar assuntos tão ridículos na mídia

    ResponderExcluir
  3. Nossa que música é essa ein? Kkkk
    Nunca ouvir essa música não kk
    Mas mesmo assim adorei o
    Post!♥

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho percebido essa arrogância e ignorância nessas músicas há muuuito tempo e quando me perguntavam porque eu não curtia eu tentava explicar mas ninguém levava a sério, afinal, "é só uma musica". Espero também que eles arrumem as letras, o Criolo mesmo arrumou algumas letras dele por conter preconceitos e etc, agora cabe a eles e outro, não só sertanejos mas todos os tipo de músicas que contenham esses abusos e arrogâncias, a tomarem exemplo e arrumarem isso, antes que acabe com a carreira deles e incentive pessoas.
    Amei seu post, foi primeiro que vi falando sobre o assunto.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  5. Guria, AMEI o seu ponto de vista. Já tinha ouvido alguns trechos dessa música, achei ridícula mas não sabia de quem era. Vi essa postagem riscando as partes mas nem me dei ao trabalho de olhar de quem era também.
    Eu até gosto de algumas músicas da dupla mas NUNCA que passo a mão na cabeça pra esse tipo de coisa ridícula. Espero que eles se retratem. Se bem que muitas duplas sertanejas apelam pra esse tipo de música besta porque as pessoas romantizam relacionamentos abusivos e acabam amando e se identificando com essas porcarias. Aff
    Adorei, segui aqui ♥ ♥ ♥ precisamos de mais blogueiras que problematizem as coisas!

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir
  6. MANO, você não merece palmas, mas o TOCANTINS inteiro. Quanta sensibilidade! Amei cada palavra. De fato, é revoltante ver uma letra assim, tão agressiva, ganhar a graça do povo. Infelizmente são essas pequenas coisas que influenciam as pessoas. Daí nego acha normal pressionar a mulher, daí nego acho natural ter atitudes abusivas. Já acham, na verdade, né? Mas com cantores populares como esses incentivando, capaz de virar uma epidemia. Enfim, faço minha suas palavras, e esses fulanos que já não tinham minha admiração, agora até o respeito vai ficar difícil.

    ResponderExcluir
  7. Se tem uma coisa que me estressa é a romantização do ciúme exacerbado e de relacionamentos abusivos. Tanta gente sofrendo por causa disso, e ainda aparece cantor/artista vendendo isso como se fosse romântico?! Quanta ignorância -.-

    Eu amei o seu post, concordo com cada palavrinha. Foi muito legal você ter tido a iniciativa de escrever sobre isso!

    ResponderExcluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo