Evitando plágio e treta na internet

24 março 2017

Há quem diga que só exista treta entre o pessoal de humanas e exatas, enquanto nós da área biomédica ou biológica ficamos assistindo tudo numa boa. Realmente não temos muita tretas com cursos de áreas distintas, às vezes acontece entre nós mesmos. Só que o foco do post não é sobre briguinhas bestas que algumas pessoas fazem. Apesar das brincadeiras, o post é realmente sério sobre um assunto que volta e meia sempre dá o que falar: plágio.
Essa semana rolou (e ainda está rolando) uma super treta entre dois professores de biologia (Paulo Jubilut x Kennedy Ramos). O professor Jubilut colocou vários prints na internet indicando que estava sofrendo plágio do outro professor há algum tempo, que já conversaram, mas que não adiantava de nada. Então, ao resolver expor essa situação bem chata, algumas pessoas foram ao seu favor e outras começaram a também querer falar que ele estava fazendo um auê atoa. Afinal, ambos lecionam a mesma matéria, óbvio que o conteúdo sempre seria muito parecido.
O que muitos não entenderam é que ele não está reclamando que foi plagiado na questão do conteúdo da disciplina. Mas, sim que o outro professor estava copiando exatamente tudo o que ele publicava: a campanha publicitária do curso (só alterando a foto e a frase), os textos que ele escreve pro blog dele, enfim. Claro que o conteúdo dos dois são iguais, assim como vários de nós abordamos temas muito semelhantes. Mas, dá pra perceber o jeito que cada um escreve não é mesmo? Então pra que se queimar tão feio assim? Podemos sim nos inspirar nos posts de outras pessoas ou escrever até mesmo sobre o mesmo assunto em questão, mas com o nosso ponto de vista.

Então, como podemos evitar o plágio?
1. O primeiro passo é saber o significado, que nada mais é do que fazer um copia e cola. Claro que existem diversos tipos, mas não vamos focar no acadêmico agora, somente no plágio da forma mais geral possível.
2. Pra que você possa evitar as cópias, é necessário conhecer bem o assunto em questão, procurar saber mais a fundo sobre aquela notícia. E obviamente não ter preguiça pra escrever (sim, escrever um bom texto pode demorar um certo tempo, algumas horas ou até dias). Mas, não acham que é melhor demorar esse tempo todo do que apenas copiar de alguém pra ser mais rápido?
3. Dê crédito! Sim gente, isso não é feio. Eu sempre deixo alguns posts que eu faço quando me baseio totalmente naquele assunto pra escrever. Faço um texto baseando nas informações do meu ponto de vista, o que eu acho interessante daquele assunto (ou não), e, no final do post deixo o link para a pessoa ver de onde eu tirei aquilo. Afinal, não fui eu quem pensou aquilo primeiro.
4. Se alguém quiser saber o jeito mais simples e fácil de detectar plágio ou ver se seu texto possui algum. Eu uso esse programa aqui: Plagius, particularmente, eu uso mais para fins acadêmicos, pois tenho que escrever bastante artigos científicos na faculdade. Mas, ele é ótimo e eu aconselho bastante o uso, porém, só tem no máximo 1 ano a licença de graça. Tem vários outros interessantes na internet totalmente de graça como o Plagium e alguns outros, é só dar uma pesquisada no Google.

29 comentários

  1. Coincidência que hoje mesmo comentei com alguns amigos que inspiração não é cópia.
    Acho super válido dar os créditos, aliás, a blogsfera é um lugar em que não raro tretas desse tipo acontecem. Algumas blogueiras copiam posts inteiros de outras e dizem que o texto é de autoria própria. Não é feio dar os créditos, feio é copiar né non? Gostei muito das suas dicas, elas são válidas para evitar qualquer tipo de plágio.
    Beijo, www.apenasleiteepimenta.com.br ~Neste mês tem post todo dia no Blog~

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, chega a ficar até bem feio pra blogueira copiar descaradamente o conteúdo de outra pessoa.

      Excluir
  2. Adorei o assunto! Pra gente do meio acadêmico, plágio é sempre um assunto bem complicadinho. Adorei as dicas pra evitar!

    ResponderExcluir
  3. Eu não consigo entender, um blog serve para você escrever as suas coisas, do seu ponto de vista e aí tem gente que copia! OI? Para que fazer um blog se for para copiar dos outros, né? Na área acadêmica acontece muito também, quando eu fiz meu TCC eu me preocupei muito com isso.

    Parabéns pelo post e pelo blog, Amanda :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De fato, é bem complicado alguém ter um blog ou um canal e copiar descaradamente o conteúdo de outra pessoa. Quem quer seguir nesse meio seja por hobbie ou principalmente porque quer trabalhar com isso tem que dedicar tempo pra estudar o conteúdo abordado e não queimar o filme copiando outras pessoas. No meio acadêmico nem se fala haha, é super feio plagiar, tem várias histórias até um tanto "cômicas". Como um cara apresentando o tcc e o trabalho dele era uma cópia de um trabalho de um cara da banca avaliadora, imagina a vergonha?

      Excluir
  4. Esse é um assunto delicado e complicado, não temos muita legislação contra isso.
    A maioria considera o plágio apenas o copiar e colar, mas se mudar um ponto de lugar, já não é mais plágio.
    Na área de moda também temos bastante disso, alguém cria uma estampa e todos só mudam uma cor ou um traço e pronto, já não é plágio, afinal, a minha está 'diferente" da sua.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Plágio é um tanto mais complexo do que isso, eu falei bem resumidão. Tipo, em artigos científicos é comum fazermos citações de outros artigos, mas se isso for feito um atrás do outro, pode ser considerado plágio. É bem complexo e chatinho mesmo.
      Imagino, como diz o químico Lavoisier "na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma". De fato é isso, não existe muita originalidade, sempre é aquilo que teve como base se transformando em outras coisas.

      Excluir
  5. Plágio é um assunto delicado e que sempre deve ser relembrado não é mesmo? Ainda mais para nós blogueiras, algumas pessoas podem acabar fazer isso então é bom ficarmos ligadas. Adorei o post. Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Adorei esse post ein? Uma coisa é você fazer da sua cabeça E outra ê copia o que o outro fez. Adorei muito essas suas dicas! Sucessos para você e o blog!

    ResponderExcluir
  7. É dificil demais ne? Pra fazer um post bem feito você gasta tempo e faz com todo carinho e vem uma criatura e copia tudo. Post muito util. PARABENS!

    ResponderExcluir
  8. Olá Amanda, é assunto bem sério esse mesmo. Quando eu estava na faculdade e fazendo o meu TCC, a nossa orientadora falava muito sobre isso e para termos o máximo de cuidado na hora de escrever. Algumas pessoas são bem cara de pau mesmo e não se importam. Achei bacana as suas dicas e não conhecia esse plagium, vou dar uma olhada!

    bjus
    Ari ♥
    De volta ao retrô

    ResponderExcluir
  9. Vejo muitos blogs plagiarem uns aos outros e isso causa uma péssima impressão, por isso, só falo no meu blog sobre assuntos que tenho conhecimento para explicar com as minhas palavras e dar minhas opiniões. Não entendo porque plagiar se o mais legal de tudo é quando estamos sentados e fazendo certo conteúdo, com nossa sabedoria. Achei certo o prof Jubilut expor assim e não acho que ele fez auê atoa. As pessoas precisam tomar o famoso "semancol". Amei as dicas que você deu, vou dar uma olhada nos sites!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. Exato, lembro de uma vez de ter incrito um post falando sobre capas recarregáveis que me inspirei em outro post e até o citei no meu próprio post e tudo mais. Convidei ela para ver o post que a citei e ela veio toda ignorante dizendo que era plágio. Fiquei tão decepcionada, pois apenas falei do mesmo assunto, usando minha experiência sobre e citei o ocorrido dela.. :(

    ResponderExcluir
  11. Dar os devido créditos sempre é bom e as vezes você dando você ganaha até mais publico por as pessoas verem que você esta sendo honesta com os seus leitores.Plágio é você copior e colar alguma coisa de alguém pode ser que as vezes as opiniões sejam ate meio parecidas mas nem por isso é plagio. Beijos

    ResponderExcluir
  12. Adorei o post! Acompanho o canal e a página do Jubilut e adoro o conteúdo dele! Até onde sei, ninguém nunca plagiou um post meu ( ou pelo menos, eu nunca vi), mas é desgastante e até desmotivador escrever algo e alguém ir lá e dar aquele ctrl+c e ctrl+v :/

    ResponderExcluir
  13. Plágio e cópia são, infelizmente, coisas que acontecem em qualquer área da vida. Acho horrível se aproveitar do esforço dos outros. Muito melhor dar crédito e sair de consciência limpa do que passar um papelão assim.

    ResponderExcluir
  14. Acho que eu vou ser a pessoa que não tem treta, pois vou começar a faculdade de zootecnia hehe. Mas agora, falando sério, plágio é um assunto muito sério e algo muito feio. Eu nunca sofri (não que eu saiba), mas já passei por uma situação desconfortável, pois uma colega virtual minha acabou descobrindo que plagiaram o blog dela por meio de um comentário no meu blog! Fiz de tudo para tentar ajudá-la e, ainda bem, quem a estava copiando excluiu o blog.

    Seu post ficou ótimo, pois é sempre bom falar de tal assunto!

    Beijos <3

    ResponderExcluir
  15. Situação complicada.
    Dizem por aí que internet é a terra de ninguém. E, é um saco porque é impossível ter controle do que vai acontecer com suas coisas.
    Já tive coisas plagiadas, e com os créditos retirados. Na época, a pessoa era muito maior que eu, e foi péssimo. Me desanimou horrores.
    Vida que segue, né não?
    Mas, uma pena do professor, mesmo. Porque poxa, se ele é professor, ele também consegue criar conteúdo diferente na internet. Fora a desmotivação que dá, né?

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Eu não estava sabendo da treta. Eita :/
    Gente, plágio é muito ruim. Já fui plagiada e também já trabalhei, infelizmente, com alguém que fazia isso. Pega muito mal para quem faz, afinal é errado, né? Sabemos que "ninguém copiaria se não prestasse, então saiba que o que você faz está dando certo", mas é muito triste ver seu trabalho sendo explorado por aí sem que você receba os créditos por ele.

    ótimo post ♥

    ResponderExcluir
  17. Lembro que escutei uma vez que eu fui a primeira pessoa que uma leitora viu a fazer referência bibliográfica em determinados posts. hahahah
    Acho que todos nós temos capacidade de criar nosso próprio estilo, nosso conteúdo e etc, o plágio é algo que só nos diminui, sabe? Sempre coloco a fonte se me inspiro ou tiro algumas informações de fora, às vezes até com determinadas citações.
    É o mínimo que podemos fazer!
    E eu vi essa briga dos professores sim, e sinceramente eu estou chocada. Como alguém que se diz formado e professor pode fazer algo tão baixo e patético?

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
  18. Meu Deus que treta... plágio é uma coisa muito chata não só na vida acadêmica, mas sim na vida toda. Eu já sofri plágio é lembro direitinho, era em uma época que eu fazia é disponibilizava freebies para as pessoas usarem em seus blogs, aí tudo que eu lançava uma menina ia lá e copiava, cheguei ao meu limite e falei com ela e ela se desculpou, aí logo depois ambos os blogs (o meu e o dela) fecharam e eu nunca mais ouvi falar... é muito chato mesmo :(

    ResponderExcluir
  19. Oi Amanda, tudo bem? Essa questão de plágio é bem delicada. As vezes algumas pessoas usam a desculpa de "inspiração" para copiar o conteúdo alheio, alguns defendem que é sem maldade, outros não perdoam mesmo. Com o blog já sofri uma vez, uma menina pegou o cabeçalho do meu blog e usou no dela, somente mudando o nome do blog, acredita? haha Me mandaram inbox avisando e aí conversei com a menina, ela disse "pensei que não tinha problema" haha e era justamente um cabeçalho que eu paguei para alguém fazer só para o meu blog. Podemos nos inspirar sim, mas precisamos criar nosso próprio conteúdo, afinal é isso que nos diferencia concorda? Excelente post! Beijos, Érika ^.^

    ResponderExcluir
  20. Oi Amanda! Adorei a sua postagem! Parabéns. Eu não estava sabendo da acusação entre os professores, mas conhecia o Jubilut e acho ele incrível! Sobre plágios, eu não vejo o menor sentido Perder a chance de criar uma identidade que só você tem, e que será o diferencial para o seu público lembrar do seu trabalho? Não, obrigada. Eu publico muito texto autoral na internet e comecei a publicar um livro também (que inclusive penso em lançar), mas admito que morro de medo de copiarem o que escrevo e não creditarem, na melhor das hipóteses. Precisamos saber como nos proteger e os seus links serão muito úteis.
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oii Mandy, passando só pra dizer que fico feliz com o espaço que você deu pra esse tema. De total importância. Beijo

    ResponderExcluir
  22. Acredito que todas nós possuímos a capacidade de criar um bom conteúdo sem precisar copiar algo de alguém.
    Ótimo post.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
  23. Infelizmente plagio é uma coisa contante em nossas vidas, e temos que conviver com essas pessoas que não tem conteúdo e precisa sempre esta copiando alguém para dizer que sabe ou faz algo.
    Sou totalmente a favor em expor e se possível processar uma pessoas dessa,não ha razão para se gloriar com as conquistas alheias. Será que é tão difícil informar a quem pertence o conteúdo?
    Fico revoltada com isso.

    ResponderExcluir
  24. Plágio é um assunto que sempre causa polêmica. Tempos atrás eu acompanhava um blog que era muito lindo, com textos super bem escritos e tals e um tempo depois a dona dele foi acusada de plágio. O blog inteirinho era plagiado. Para mim como leitora fiquei super decepcionada, então imagino a raiva de quem estava sendo plagiado. Enfim, eu acho um absurdo a pessoa não se dar ao trabalho de criar um conteúdo próprio como nesse caso que você citou, é super complicado, né?
    Adorei o post e as dicas!
    Beijos,
    http://www.nomundodaluablog.com/

    ResponderExcluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo