A problematização da gestante no carnaval

06 março 2017


Provavelmente você já deve ter se deparado com essa foto no Facebook, ou talvez não, começou a circular quase no final do carnaval das mais variáveis formas possíveis, porém, sempre com o mesmo tipo de mensagem de que grávidas ficam de pernas pro ar, mas tem energia o suficiente pra fazer outras coisas, como desfilar. Ah gente, é sério isso?

1. Não pode esperar na fila ou não pode ficar em pé no "busão"
Pra começar, de acordo com a Lei nº 10.048, de 8 de novembro de 2000, gestantes tem por DIREITO o uso do atendimento ou acento prioritário. Agora por que isso acontece? Nem toda gravidez é tranquila, a ponto da mulher poder fazer qualquer qualquer tipo de esforço ou segurar algum peso. Tem grávidas e grávidas, cada caso é um caso. Algumas podem se sentir muito bem, super dispostas a fazer uma caminhada ou ficar em pé por muito tempo, mas para outras é recomendado o repouso absoluto ou tentar fazer o mínimo esforço se possível. 

2. Não pode trabalhar
Essa ao meu ver seria até cômica se não fosse trágica, mulher é um dos seres que mais trabalham. Além de trabalharem fora e ter suas preocupações com os afazeres que o seu cargo pede, elas também tem que trabalhar quando chegam em casa, arrumando tudo (que na grande maioria dos casos, não recebem ajuda de seus maridos, que estão descansando do seu árduo dia de trabalho). Fora quando tem filho pequeno e também tem que ajudar com atividades escolares; é a primeira a ser procurada quando o filho tá passando mal. Apesar de existir sim licença maternidade (em situações normais é de geralmente 3 meses), existem casos em que abusam da Lei e a grávida trabalha praticamente até o momento do parto. Como um depoimento que vi na internet enquanto pesquisava pra escrever este post, de uma gestante que dizia que seu médico não iria dar atestado estipulando a data do parto que a empresa dela pedia, porque isso não existia, e, portanto ela teria que trabalhar até o dia ou a hora que fosse entrar em trabalho de parto. Mas ao final de contas, que raio de médico é esse que fere o direito da gestante de ter sua licença?

3. Ainda sim pode desfilar, sambar no carnaval?
Como já debati nos tópicos anteriores, cada tipo de gravidez tem um cuidado diferente. Quem desfila no carnaval grávida, é porque com certeza já tem um bom preparo físico e já vinha fazendo isso muito antes de ter engravidado. Um outro ponto, é que se ela está sambando durante alguns km de avenida, é porque o médico permitiu, pois sua gravidez não apresenta nenhum tipo de risco que pudesse impedir isso, afinal, creio eu que nenhum louco iria querer por em risco a saúde da mãe e de seu bebê.

Assim, o mundo já está com problemas o suficientes (e muito mais sérios do que isso) pra nos preocuparmos. Vamos cuidar mais das nossas vidas e parar de ficar julgando ou nos metendo na vida dos outros. Vamos mudar essa mentalidade pequena e evoluir pra ser alguém melhor, espiritualmente falando. E termino o post falando: mais amor e menos ódio, por favor.

13 comentários

  1. ARRASOU!
    eu estava super nervoso vendo essa postagem no facebook, odeio esse tipo de postagem que só fala bosta, Você me representou e falou bonito, Parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Também não aguento esses e outros vários tipos de besteirol que vários ficam compartilhando.

      Excluir
  2. Sempre tem um sem noção para falar coisas mais sem noção ainda né?!!! Eu AMEI seu post, e concordo super com o que disse!!!

    Beijos,
    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada! Pois é, mas o pior de tudo são aqueles que compartilham esses mesmos pensamentos. Fica meio complicado combater certas coisas justamente por isso, é como se fossemos pequenas vozes ao meio de tantos gritos dizendo o contrário. Mas, temos que fazer nosso dever e tentar mudar essa realidade.

      Excluir
  3. Caramba,a cada dia que passa este mundo está ficando mais maluco.
    Parabéns pelo post.

    www.paginasempreto.blogspot.com.br

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Rafa, dá até uma certa raiva misturada com nojo por isso.

      Excluir
  4. Nunca tinha visto essa postagem no Facebook mas fiquei chocada. Tem babaca pra tudo por aí mesmo...
    É idiota demais pensar que porque uma mulher que já estava acostumada a sambar conseguiu desfilar no carnaval todas as mulheres grávidas tem disposição para isso.
    Ah mas quando eu vejo gente compartilhando coisas nojentas como essa eu já excluo. Não mereço ficar vendo isso e sendo amiga de gente assim.
    Beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, tem vezes que eu não aguento ficar muito no facebook e me deparar com umas pérolas como essas. Acho que eu só tenho minha conta ativa ainda por causa do blog e faculdade haha

      Excluir
  5. Genial! Realmente, é preciso às vezes refletir um pouco mais antes de sair falando ou compartilhando alguma opinião sobre algum tema.
    Excelente postagem, parabéns!! E mais amor e menos julgamentos!!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada! Exato, coisa que é muito rara hoje em dia (pensar antes de falar)

      Excluir
  6. Eu juro que quase vomitei quando vi essa foto no facebook. Como as pessoas conseguem ser tão malvadas a esse ponto? É claro que todo mundo sabe que cada gravidez é diferente, inclusive quem criou essa montagem ridícula. O pior é isso mesmo: mesmo sabendo, continuam fazendo.
    Já não tô mais aguentando tamanha imbecilidade das pessoas, achando que denegrir, humilhar e/ou ofender algum ou um grupo de pessoas não é crime pq é "só a minha opinião".

    Me exaltei, né? desculpa, só to irritada mesmo com isso hahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não aguento isso de ficar atacando as pessoas, o que ganham com isso? Nossa, sério? Deve ter algum desvio mental, porque normal, com certeza não é.
      Tudo bem hahaha, impossível não se exaltar.

      Excluir
  7. Achei essa imagem MUITO escrota e até fui banida de um grupo de gestantes porque xinguei a guria que disse que concordava, rs. Está mais do que certa em suas explanações! Cada gravidez é diferente, cada momento do dia de uma grávida é diferente. Eu posso estar muito cansada pra ficar de pé numa fila porque trabalhei horas e estou bem pra ir rebolar a bunda de noite, e daí? Ninguém tem nada com isso
    E outra, deixar uma grávida correr o risco de perder o filho por ficar em pé no ônibus (que pode bater, frear bruscamente ou sei lá) é coisa de gente babaca

    Duas Leitoras - no Top Comentarista de Março você pode escolher entre 4 livros!

    ResponderExcluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo