[Teatro] Eu comigo mesmo - Rafael Portugal

18 janeiro 2017

Outro dia desses meu namorado estava super animado que tinha ganhado um par de ingressos em uma promoção da rádio Fanática FM (104,5) para assistir a peça do Rafael Portugal "eu comigo mesmo", uma peça de stand up comedy. Ficamos super animados e eu, ao mesmo tempo, fiquei um pouco nervosa. Já tínhamos ido em uma assim antes, sabia que eles iriam querer mexer com alguém da platéia e só de pensar nisso já ficava super nervosa. Mas como diz meu querido Barney "challenge accepted" (desafio aceito), fui lá numa boa, e ainda ficamos nas primeiras fileiras haha.
Ingressos da peça Eu comigo mesmo do Rafael Portugal
A peça é no Teatro dos Grandes Atores no Barra Square, nunca tínhamos ido nesse shopping antes, mas até que é bem legal, o teatro é pequeno, mas muito aconchegante. Eu comigo mesmo tem duas partes. A primeira ele sem os personagens falando com a gente, contando piadas e tal e a segunda são os personagens. Foi a segunda peça de stand up que eu fui, mas a primeira que eu gostei muito! É impossível você não rir de nada, Rafael, que atualmente faz parte do Porta dos Fundos, é muito engraçado no seu jeito de contar histórias do cotidiano.

Sobre os personagens:
O primeiro é um funkeiro que trabalha como ambulante vendendo doces, algo super comum por aqui no Rio. Ele é bem sincero, daquele tipo que se vai vender bala pra uma pessoa que está com bafo ele pregunta se ela está namorando com um zumbi. Já o segundo é um musicista, coreógrafo, bailarino e tudo mais. Ele convida alguém pra ir subir ao palco e compôr com ele uma música, ele vai cantando algumas frases aleatórias que vem na cabeça dele e faz uma pausa pra pessoa dizer a primeira palavra que veio na cabeça. Fica muito engraçado a música, algo super diferente e original. Depois ele vai cantando alguns funks transformando-os em MPB, resumindo, é ótimo.

Lembra que eu disse que fiquei um tanto que tensa porque sabia que ele iria querer brincar com alguém da platéia? Então, ele te distrai de um jeito que toda aquela minha tensão de "não quero ser chamada" passou e eu simplesmente foquei toda minha atenção nas piadas. E as piadas? bom, elas são super leves, quase não tem palavrão na peça e não ofende ninguém, no sentido de crença ou descrença, time, etc.
Foto do instagram @RafaelPortugaloficial peça do dia 13/1
Se você teve um dia ruim, e está precisando dar umas boas risadas fatalmente irá curtir a peça! Rafael é um cara super gente boa e com certeza vai te fazer dar várias gargalhadas. Recomendadíssimo!

Mandy.

Selfie com o Rafael Portugal

2 comentários

  1. Eu adoro teatro, apesar de não tanto o stand up. Já fui algumas vezes e é de fato algo bem gostoso, quando não há palavrões ou ofensas, mas não é algo que eu busco efetivamente.
    Que bom que gostou do espetáculo! :D

    Beijos
    www.jadeamorim.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu te entendo, o primeiro stand up que eu fui fiquei tipo "ok, cadê a graça?" eram umas piadas bem toscas. Só gostei mesmo desse, ri pra caramba haha. Mas minha preferência são por peças normais, com história e tudo mais.

      beijos

      Excluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo