[Livro+Filme] O menino do pijama listrado - John Boyne

16 agosto 2016

Olá,
Nome do livro: O menino do pijama listrado
Autor(a): John Boyne
Editora: Companhia das letras
Número de páginas: 192
Comentários: A estória acontece durante a Segunda Guerra Mundial (2ª GM). Bruno é um menino alemão de 9 anos que não faz ideia dos acontecimentos ao seu redor. Não sabe que o país está em guerra e nem o que realmente o pai trabalha. Ao chegar em casa totalmente confuso ao ver suas coisas sendo empacotadas por Maria, ele recebe a resposta da mãe dizendo que eles precisam se mudar dali por um tempo, devido ao novo emprego do pai, então eles vão para um lugar muito distante, um novo país. Lá não tem absolutamente nada, crianças, pessoas, NA-DA! De todas as formas tentou voltar para Berlim, seu lar. Até que seu espírito de explorador falou mais alto e foi em busca de uma nova aventura que por meio dela descobre Shmuel, um menino judeu também de sua idade. Uma nova amizade é formada, cheia de segredos e proibições, seu pai jamais poderia saber da existência de Shmuel.
A criação da estória em si tem uma temática muito interessante, a amizade verdadeira que acontece entre um judeu e o filho de um oficial alemão. O autor recebeu diversos elogios pelo livro e um filme baseado no mesmo. Na minha opinião, o autor não foi muito feliz ao escrever. O livro é muito repetitivo, o que torna uma leitura extremamente cansativa e enjoativa, algumas vezes senti uma vontade enorme de abandoná-lo. Quando o livro começa a querer te prender, o autor simplesmente acaba o livro. Ele praticamente escreve: "o livro acabou".
Poderia ser um livro muito mais elaborado, ser mais rico em detalhes, o que faltou. Em certos momentos, o autor parece que se perde diversas vezes, aparentando que teve diversas ideias enquanto escrevia e saiu colocando no papel e não revisando após isso, o que para mim, parecia ser um tipo de rascunho que o vez ganhar uma certa quantia de dinheiro, fama e filme.
O livro e o filme sem dúvida completam um ao outro, o que falta em um aparece no outro. Contudo, o filme, por sua vez parece ser bem mais completo e emocionante do que o livro que não dá pra ter emoção alguma.
Aconselharia a leitura do livro? Não.
Cena do filme: Bruno e Shmuel, a amizade proibida entre um judeu e um alemão
Trailer do filme:
Me desculpem pela péssima qualidade do trailer, mas foi o único melhorzinho que eu achei.


Até logo,
Mandy.

2 comentários

  1. Eu não li o livro, apenas assisti o filme. Toda história que envolve a guerra mexe muito comigo, e esse filme em particular, acho que por abordar a visão das crueldades por duas crianças de "lados" diferente me tocou muito. Triste e real.

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O livro o autor, ao meu ver, escreveu com muita má vontade, foram dois dias e meio que ele levou para concluir e tem parágrafos inteiros sendo repetidos, bem ruim. Agora, o filme eu gostei muito, acho que a temática principal foi bem melhor trabalhada. Livros sobre guerras são bem tristes, um dos mais tristes pra mim é do autor Khaled Hosseini, ele sabe exatamente como te deixar super mal e revoltada com alguns personagens

      Beijos,
      Mandy

      Excluir

© Copyright DE LOUCOS TODOS SOMOS UM POUCO | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.
Designer e programação por: DRÊ DESIGN.
imagem-logo